segunda-feira, 8 de agosto de 2016

O xerife que faltava























Durante os últimos anos, vivemos momentos de terror com a defesa. Wallace, César Martins, Wellinton, Bressan, Erazo... Todos inconstantes e de inúmeras atuações ruins. Nos acostumamos a sofrer em bolas levantadas na área, o famoso ''escanpênalti''. Mas isso vem mudando, e um dos principais responsáveis chama-se Rafael Vaz. Atuações muito boas e regularidade marcam os primeiros meses do zagueiro no Flamengo, que parece melhorar a cada jogo. Mas nossa análise vai além do que somente palavras e opiniões, números e imagens mostram o quanto o Flamengo melhorou com Rafael Vaz.


Para quem está isto lendo na página principal do blog, clique no Leia Mais para ver o texto completo.




Difícil imaginar que a solução viria do inimigo. Vaz veio do nosso maior rival, inclusive marcando gols importantes por lá. Recusou diversas propostas do Vasco e fechou com o Flamengo. Chegou contestado, porém devido a carência na zaga, em menos de 1 semana, já estreava contra o Figueirense.

A grande maioria dos Flamenguistas já esperava que fosse ser apenas mais um zagueiro nesse pesadelo, que seria no máximo, um jogador comum. Porém Vaz é mais do que apenas comum. Tem fundamentos técnicos, além de explorar muito a sua velocidade.

Também passou por um momento ruim, mas a falha infantil contra o Fluminense não apaga suas excelentes atuações, que se evidenciam para um torcedor que assiste os 90 minutos da partida contra o Coritiba, melhor partida do jogador até então, onde garantiu os 3 pontos ganhando absolutamente tudo pelo alto.

Mapa de calor do Vaz contra o Coritiba

O aproveitamento do Flamengo com Rafael Vaz em campo sobe consideravelmente: 63% com ele e 55% sem, o que colocaria o time na sétima posição do campeonato. Além disso, desde que chegou, o Flamengo ficou 7 dos 12 jogos sem sofrer gols, o que só havia acontecido duas vezes antes de sua chegada.


Outro ponto a se destacar é a efetividade que ele, com seu companheiro Réver, conseguiram. Se entenderam rapidamente e conseguiram deixar de lado a falta de entrosamento. Com os dois em campo, o aproveitamento sobe ainda mais.

Podemos dizer que tirar um zagueiro esquecido do maior rival foi um grande acerto da diretoria Rubro-Negra, talvez o maior nesse ano. Jogador que de contestado passou para intocável, hoje, é uma das principais peças do elenco de Zé Ricardo. O fato é que Vaz sabe se posicionar, tem boa visão de jogo é bom na cobertura. Não tem uma idade avançada, o que permite um misto de experiência e fôlego, coisa que não é fácil de encontrar no mercado atualmente, principalmente de graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário