terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Miguel Trauco: O que podemos esperar?


Primeiro reforço anunciado pelo Flamengo, o peruano Miguel Trauco começou muito bem sua caminhada no Mengão. Com assistências e até um gol, ele vai conquistando a confiança da torcida, que ficou desesperada com a venda de Jorge ao Mônaco. Se você estiver em nossa página principal, por favor, clique em "Leia mais", e veja o resto do texto.

Nascido em Tarapoto, Trauco começou nas categorias de base Club Deportivo Virgen Chapi. Inicialmente, jogava de meia armador, um camisa 10. Porém, só estreou como profissional no Unión Comercio. Por lá, jogou durante 5 temporadas, até o Universitário comprá-lo, em 2016.
Foi no Universitário que Trauco começou a ter certo destaque. Jogava de lateral, volante e meia. O treinador do Universitário, gostava de jogar com Trauco no meio de campo, pois assim conseguia explorar todo o potencial ofensivo de Trauco, como sua visão de jogo, que é apurada.
Posições em Campo.

Trauco é um jogador bastante versátil, então faz diversas funções em campo. São diversos esquemas em que ele pode ser aproveitado.

- Lateral Esquerdo:

Posição onde Trauco rende mais. Indo de frente para defesa adversária, com volantes e meias como apoios. Também possibilita os lançamentos e cruzamentos em profundidade, ponto forte do lateral.

- 2º volante:

Trauco também joga de 2º volante. Por ter boa técnica de passe e visão de jogo, consegue quebrar um galho por ali. O time pode perder um pouco de dinâmica, mas para eventuais situações, pode ser útil.

- Meia pela esquerda:


Foi a posição em que ele jogou nos primeiros anos como profissional. Sem ter que se preocupar com a marcação, ele pode influenciar ainda mais nas jogadas de ataque. Veja um lance de Trauco nessa posição:


- Meia armador:


Posição dele nas categorias de base, Trauco jogou de meia armador nas suas últimas partidas pelo Universitário. É bem improvável que ele seja utilizado nessa posição, afinal de contas, o Flamengo conta com muitos jogadores pra fazer essa função. Veja um lance de Trauco como meia armador:
Essa assistência do Trauco garantiu o Universitário na Libertadores 2017.


- Ala pela Esquerda:
Talvez a melhor escalação para aproveitar o máximo potencial de Trauco. Sem muita carga defensiva, e indo com muitos apoios para passes ou cruzamentos.

Pontos Fortes:
- Cruzamento.
Já no 1º jogo com o Flamengo, Trauco impressionou com um grande cruzamento que resultou no 1º gol de Guerrero, contra o Boavista, na 1ª rodada do campeonato. É um fundamento bem desenvolvido por ele. Até longe da linha de fundo, ele consegue colocar efeito na bola, e encontrar um companheiro bem posicionado na área.
Notem como ele estava longe da linha de fundo, que é o melhor lugar pro lateral cruzar, mas mesmo assim conseguiu por na cabeça do companheiro.

- Passe em profundidade.
Por ser meia de origem, Trauco tem uma visão de jogo bem apurada. Enxergando a defesa de frente, consegue encontrar companheiros com passes que quebram as linhas.


- Saída de bola.
Mesmo sobre pressão, Trauco na maioria das vezes acha boas saídas e desafoga a defesa, com passes ou lançamentos.
Pontos Fracos:
- Defesa 1x1.
Trauco as vezes tem dificuldades contra jogadores de habilidade, ele é eficiente defensivamente, mas pode melhorar esse aspecto.

- Estatura.
Trauco é um jogador baixo, apenas 1,75m. Comparando com Jorge, o titular antes dele, são 9 cm a menos.

Números na temporada 2016.
No campeonato peruano, Trauco deu 11 assistências e fez 1 gol. "El Gênio", como ele é chamado no Peru, foi eleito melhor jogador do campeonato. A temporada 2016 também marcou as primeiras convocações de Trauco para seleção peruana, onde ele inclusive deu grande assistência para Guerrero, no jogo contra a Argentina, pelas eliminatórias.
Trauco recebendo o prêmio  de melhor jogador do torneio Descentralizado.
Veja a assistência de Trauco para Guerrero na seleção peruana:

Em resumo, é um jogador de boa técnica, bastante habilidoso para a função de lateral esquerdo. Evoluindo defensivamente, principalmente nas situações de 1x1 contra atacantes adversários habilidosos, tem tudo pra se tornar um dos pilares da equipe na temporada. Vale lembrar que o Flamengo o contratou a custo zero, foi uma bela sacada do departamento de futebol, achou um jogador de bom nível em um campeonato pouco mapeado por aqui.

2 comentáriosTeste: