sábado, 13 de maio de 2017

Memória Rubro-Negra #3: FlaxGalo do Campeonato Brasileiro de 2009


Fala Nação! Se nas duas edições anteriores(aqui e aqui) falamos sobre o clássico mais charmoso do Brasil, hoje em virtude da partida de estréia do Flamengo no Brasileirão falaremos do maior clássico interestadual do nosso país, Flamengo x Atlético-MG, relembrando o confronto das duas equipes no vitorioso Campeonato Brasileiro de 2009. Confira a seguir!


Antes, faremos a necessária contextualização da partida: o jogo era válido pela 34ª rodada do Brasileirão e iria ser jogado no Mineirão, o time do fla vinha embalado rumo ao título e estava na 4ª colocação, à frente dos rubro-negros estava o próprio Atlético, em terceiro. A partida era importante na corrida pelo título, se sonhava em conquistar  a taça, vencer o Galo era crucial.

O Flamengo foi à campo com: Bruno; Léo Moura, Ronaldo Angelim, Álvaro, Juan; Aírton, (depois Toró), Willians, Maldonado, Petkovic(depois Fierro); Zé Roberto(depois Wellinton) e Adriano.
O Atlético com: Carini; Carlos Alberto, Benitez, Werley, Thiago Feltri; Jonílson, Renan(Evandro), Correa(Serginho), Ricardinho; Éder Luís(Renteria) e Diego Tardelli

Dono da casa, o Atlético começou, naturalmente, à buscar o ataque principalmente com Tardelli chutando bola pra defesa fácil de Bruno logo aos 2 minutos. O atacante que brigava pela artilharia do campeonato com o Imperador, se movia para todos os lados e causava problemas para a defesa rubro-negra. O Flamengo, preferia se resguardar e apostar nos contra-ataques e foi por meio de um deles que saiu o gol flamenguista: Pet enfiou bola para Zé Roberto na esquerda após pivô de Adriano, o camisa 26 arrancou e chutou para Carini colocar para escanteio. Na cobrança, Petkovic bateu fechado e com curva. Golaço. Olímpico. Fla 1x0. 50º gol do sérvio pela equipe da Gávea.

O Galo teria uma boa chance após Carlos Alberto fazer boa jogada pela direita, centrar para área e Éder Luís chutou, mas Bruno defendeu sem maiores problemas. Adriano, isolado na frente e sumido do jogo, cabeceou bola após passe de Petkovic para fora. O Atlético assustaria aos 30' após Bruno sair da área ao afastar bola enfiada para Tardelli e Éder Luís mandando por cima do gol uma tentativa de gol por cobertura. O Atlético pressionava.

Contudo, quem comemorou mais um gol foi a equipe do Flamengo: Maldonado recebeu bola de Zé Roberto e, na entrada da área, tendo dois marcadores a frente, deu um "finge que vai mas não vai" e cortou a defesa atleticana e chutou no cantinho da meta de Carini. Então primeiro gol do chileno pelo clube. Fla 2x0. A torcida rubro-negra foi à loucura. O Galo chegaria outra vez com perigo com Éder Luís roubando bola de Angelim e passando pra Correa mandar a bola por cima da meta com Bruno batido. O jogo foi ao intervalo com vantagem de dois para o Fla.

Os mineiros chegariam ao gol logo nos primeiros minutos do segundo tempo, aos 4': Thiago Feltri centrou, Evandro desviou de cabeça e Ricardinho(grande jogador de passagens vitoriosas por Corinthians e São Paulo) se antecipou a defesa Flamenguista e diminuiu a vantagem rubro-negra. 2x1. No desenrolar do segundo tempo, Petkovic e Aírton, sentindo, tiveram que dar lugar à Fierro e Toró respectivamente e Zé Roberto perdeu duas boas chances de ampliar.

O time da casa pressionava e procurava o gol do empate. Mas é nas horas de grande pressão que os grandes craques aparecem: Léo Moura tocou para Fierro na meia-direita, o chileno cruzou e Adriano, que já tinha desperdiçado chances, aproveitando saída errada de Carini, testou para as redes. A bola ainda resvalou nu jogador do Galo mas morreu no gol. 3x1 Fla.

Em partidaças de Maldonado e Zé Roberto, um Petkovic brilhante e um Adriano decisivo, o Flamengo venceu de forma inquestionável um concorrente direto pelo título brasileiro. Solidificando ainda mais o caminho para o título. Esperamos que na partida desse sábado, o desfecho seja igual.

SRN.


Nenhum comentário:

Postar um comentário